MEDINDO A FREQÜÊNCIA DE CASOS E ÓBITOS

DEFINIÇÃO DE CASO
Quando estabelecemos um sistema de vigilância, ou durante uma investigação de um surto, é indispensável garantir que os dados gerados sejam comparáveis, independentemente de quando e onde esses dados foram obtidos. Essa padronização é feita através da definição de caso.

Definição de caso pode ser entendida como um conjunto de critérios que se utilizam para decidir se uma pessoa tem ou não uma particular doença ou apresenta um determinado evento adverso à saúde.

Estabelecida a definição de caso, pode-se comparar a ocorrência de número de casos de doença ou evento adverso à saúde, em determinado período e lugar, com o número de casos no mesmo lugar num momento anterior ou em momentos e lugares diferentes.
Por exemplo, com o mesmo critério de confirmação de casos é possível comparar a ocorrência de sarampo no município de São Paulo na epidemia de 1997 com aquela ocorrida em 1987 ou ainda comparar a incidência do sarampo no município de São Paulo em 1997 com aquela verificada em Fortaleza no mesmo ano.
Na definição de caso tomamos como referência não só as características clínicas da doença, mas também aspectos epidemiológicos e laboratoriais. Como veremos nos capítulos referentes à vigilância e à investigação de surtos, a definição de caso pode variar bastante de acordo com os objetivos do sistema de vigilância ou das características e objetivos de uma investigação de um surto.
A definição de caso é um instrumento de confirmação de caso para posterior mensuração desse evento. Portanto, como instrumento, ele pode ser comparado com uma técnica de diagnóstico laboratorial, apresentando, como conseqüência, alguns atributos semelhantes. Para a elaboração da definição de caso mais adequada para cada situação, é indispensável conhecermos alguns desses atributos, dos quais destacaríamos a sensibilidade, a especificidade, o valor preditivo positivo e o valor preditivo negativo (para melhor compreensão desses atributos, consultar o Anexo 2).
Nos capítulos em que abordaremos a vigilância e investigações de surtos voltaremos ao assunto com exemplificações.