LIMITAÇÕES DAS INVESTIGAÇÕES DE SURTOS
Apesar das investigações de surtos constituírem importante instrumento dos serviços de saúde para o aperfeiçoamento das ações de controle, não podemos deixar de assinalar algumas limitações.

Destacam-se entre elas:

  • Geralmente, não é possível utilizar protocolos de pesquisa bem planejados.

  • É freqüente a utilização de diferentes fontes, em que a integralidade e precisão das informações variam dramaticamente, assim como o propósito com que foram originalmente registradas.

  • Diferentemente dos estudos planejados, em que o tamanho da amostra é adequadamente estabelecido por epidemiologistas, nas investigações de surtos o número de casos é geralmente pequeno, o que, sob diversos aspectos, dificulta a análise.