icone facebookTwitterInstagram

São Miguel do Oeste, 15 de dezembro de 2015

O secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, oficializou nesta segunda-feira, 14, em São Miguel do Oeste, a contratação do Instituto Santé, de Florianópolis, para assumir a administração do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, até então gerido pela Beneficiência Camiliana do Sul. “A São Camilo fez um grande e importante trabalho e certamente agora a Santé dará sequência a esse atendimento de qualidade prestado a toda essa população do Extremo-Oeste do Estado”, disse o secretário Kleinübing.

A transição entre as duas entidades começou oficialmente nesta segunda-feira e será acompanhada por servidores da Secretaria de Estado da Saúde e da Secretaria de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste. “As entidades São Camilo e Instituto Santé já estão em contato para que a transição ocorra da melhor forma possível”, destacou o secretário regional, Wilson Trevisan.

O presidente do Instituto Santé, Tércio Egon Paulo Kasten, lembrou que a São Camilo é uma das associadas à Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina (Fehoesc), organização por ele presidida. “Já temos uma boa relação e existe a certeza de que receberemos o auxílio necessário da São Camilo. Unido à experiência que temos em administração de hospitais, garantiremos a boa prestação de serviços aqui em São Miguel do Oeste”, citou.

A São Camilo administrou o hospital Terezinha Gaio Basso nos últimos cinco anos e não manifestou intenção de renovar o contrato. No período, contabilizou 162.176 atendimentos de urgência e emergência, mais de 26 mil internações, 19.469 cirurgias, 2.8 mil partos, 116.419 atendimentos ambulatoriais, 624.345 exames em diversas especialidades, além de sete captações de órgãos.

O diretor regional da São Camilo, Wilson Ascencio, agradeceu a equipe de profissionais pelo trabalho realizado. “Fomos, durante os cinco anos, uma verdadeira equipe e nós, da São Camilo, acreditamos que São Miguel do Oeste irá receber o Instituto Santé tão bem quanto nos recebeu”, disse, lembrando que pelo menos oito pessoas da Organização Social permanecem no Hospital Regional do Extremo-Oeste para finalização de contrato e prestação de contas, além de auxílio aos novos administradores.

Também acompanharam a reunião o diretor executivo do Instituto Santé, Braz Vieira; Jeferson Gomes que assume a direção geral do Hospital Regional e Pedro Cezar Peliser da Federação dos Hospitais; o deputado estadual, Maurício Eskudlark; secretária regional de Dionísio Cerqueira, Bianca Maran Bertamoni; o prefeito de São Miguel do Oeste, João Carlos Valar; a presidente da Câmara de Vereadores, Cristiane Zanatta e o presidente da Uvesc, Valnir Scharnoski.