icone facebookTwitterInstagram

Santa Catarina contabiliza oito regiões em estado gravíssimo em relação à pandemia de Covid 19, de acordo com a atualização dos dados da ferramenta de apoio à gestão divulgada nesta quarta-feira (05).

A matriz de risco potencial das regiões foi atualizada que durante essa semana e os dados divulgados preliminarmente aos municípios catarinenses. Em relação à avaliação realizada na semana passada e divulgada no dia 28, cinco regiões classificadas com nível Gravíssimo foram reclassificadas para Grave com nota 3,0, ou seja, ainda estão muito próximas do nível Gravíssimo. Uma região foi reclassificada do Risco Grave para Gravíssimo (Alto Vale do Rio do Peixe). 

Serra Catarinense e Laguna permanecem classificadas como Grave. O Extremo Oeste, anteriormente classificado como nível Alto aumentou seu risco para Grave. 

Em relação aos dados do dia 21/07, três novas regiões foram reclassificadas do Risco Grave para Gravíssimo: Alto Uruguai Catarinense; Alto Vale Do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul Catarinense, Meio Oeste, Foz do Rio Itajaí e Nordeste.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br



As regiões da Grande Florianópolis, Planalto Norte, Xanxerê, Extremo Oeste, Oeste, Alto Uruguai Catarinense, Laguna e Serra Catarinense estão classificadas como risco Grave. 

A avaliação de risco potencial mostra que as dimensões relacionadas à taxa de isolamento social e também de isolamento dos casos foram as que mais contribuíram para o cenário gravíssimo. Apenas as regionais de Xanxerê e do Oeste apontaram situação grave em relação ao isolamento. Nas demais, a ferramenta detectou o nível máximo de alerta. 

A SES criou uma ferramenta de acompanhamento da situação do coronavírus que pode ser acessada também pelos cidadãos. A plataforma aponta as situação das macrorregionais de saúde divididas em quatro situações. A atualização ocorre semanalmente e no link ainda é possível encontrar as recomendações para Poder Público, iniciativa privada e setor produtivo através do link: http://www.coronavirus.sc.gov.br/gestao-da-saude/