icone facebookTwitterInstagram

O Governo do Estado realizou nesta quarta-feira, 29,  mais uma importante operação para entrega de equipamentos para ampliação do número de Unidades de Terapia Intensiva nos municípios de Mafra e Canoinhas, localizados na região norte.
Foram disponibilizados mais cinco respiradores pulmonares adquiridos pelo Governo do Estado junto à WEG para o Hospital São Vicente de Paula, em Mafra. Outros cinco respiradores cinco monitores multiparâmetros foram entregues no Hospital Santa Cruz, no município de Canoinhas.
A operação foi realizada pela Secretaria de Estado da Saúde em parceria com a Defesa Civil. Os equipamentos foram levados do centro de distribuição da SES, na Grande Florianópolis, para os dois municípios do Planalto Norte catarinense e serão usados na criação dos novos leitos destinados à população da região.
A região norte de Santa Catarina já abriu mais de cem novos leitos para o enfrentamento da pandemia. O secretário André Motta Ribeiro agradeceu o auxílio das unidades envolvidas nas operações e destacou que apenas essa semana foram entregues equipamentos suficientes para a abertura de 60 novos leitos de UTI. “Agradecemos essa sinergia que tem possibilitado o pronto atendimento a todas as unidades que manifestam o interesse de abertura das UTIs”. 
Na segunda e terça-feira foram atendidas unidades os munícipios de Itajaí, Lages, Chapecó e Araranguá, além de Mafra e Canoinhas. Desde o início da pandemia, o Governo de Santa Catarina já criou 616 leitos para atender pacientes graves com coronavírus. Destes, foram habilitados pelo Ministério da Saúde (MS), até o momento, 570 leitos e 46 aguardam aprovação. O número representa quase o dobro da estrutura existente no estado antes da pandemia.
UTIs para Lages
Ainda nesta quarta-feira Santa Catarnina recebeu uma excelente notícia para o enfrentamento à pandemoa. A nova ala do Hospital Tereza Ramos, em Lages, será ativada na primeira quinzena de agosto. A confirmação foi dada pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, durante uma audiência com diretores da unidade; Em um primeiro momento, será utilizado apenas um andar, que receberá 28 leitos de UTI para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.
O HTR ainda ativará mais nove leitos de terapia intensiva para tratamento da Covid-19 até sexta-feira, 31, passando a um total de 19. Na primeira quinzena de agosto, em data ainda a ser definida, esses 19 leitos serão transferidos para a nova ala, além de ativação de outros nove, passando ao total de 28 para esta unidade.