icone facebookTwitterInstagram

É hoje o Dia Nacional da Vigilância Sanitária! Comemorada em 5 de agosto, a data foi instituída pela Lei 13.098, de 27/01/2015 e coincide com o dia do nascimento de Oswaldo Cruz, importante nome na história da vigilância sanitária e da saúde pública do Brasil.

E que dia, que ano, que momento mais que importante para fazermos uma ampla reflexão sobre os novos desafios da Vigilância Sanitária no país, nos Estados e nos municípios! Muito tem se falado em medidas sanitárias para conter avanço da Pandemia da COVID-19, medidas que garantam o mínimo de segurança. Porém, como são criticadas e desrespeitadas! Parece instintivo o não cumprimento. Este é o dia a dia de um órgão regulador, e não é novidade nenhuma para as equipes de vigilância sanitária que o seu trabalho em prol da coletividade é árduo, incansável e repetitivo.

A impressão que temos é que o primeiro semestre de 2020 passou sem que o tenhamos vivido, e na verdade foi porque tivemos que viver de uma forma totalmente diferente da que estávamos acostumados. A pandemia mexeu com nossos costumes, mexeu com nossos hábitos de higiene, mexeu com nosso comportamento social. As medidas sanitárias passaram a fazer parte importante do dia a dia de cada cidadão.

 As redes sociais fazem o linchamento virtual de tudo o que não combina com a sua opinião. A Vigilância Sanitária sente no seu dia a dia, mas segue firme no seu propósito de minimizar os riscos sanitários potenciais e considerar os benefícios na segurança dos produtos e serviços, na vigilância ambiental e na saúde do trabalhador.  A Vigilância Sanitária sempre esteve, sempre está e sempre estará presente nas vidas das pessoas,  sendo parte integrante e indissociável da saúde pública.

Fica muito claro a importância de uma Vigilância Sanitária mais inclusiva e participativa, agora evidenciada pela emergência em saúde pública que enfrentamos. A união dos esforços comprova que só trabalhando como vigilância em saúde integrada é que vamos conseguir tomar as decisões mais assertivas e em tempo oportuno para garantir a devida proteção à saúde dos cidadãos.

Parabéns a todos os profissionais que atuam na Vigilância Sanitária dentro do Estado de Santa Catarina, lembrando que na saúde, todos os dias, aprende-se que ninguém é coadjuvante, todos são protagonistas!

“Viver a experiência de enfrentar uma pandemia dentro da vigilância sanitária nos chamou a uma responsabilidade cheia de incertezas, medo que a cada dia foram sendo vencidas pelo conhecimento técnico, pelo estudo e pela missão de proteção as vidas.”

Lucélia Scaramussa Ribas Kryckyj Diretora de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde