icone facebookTwitterInstagram

Itajaí, 9 de setembro de 2015

A 17ª Gerência de Saúde da Foz do Rio Itajaí promoveu, entre os dias 1º e 4 de setembro, uma capacitação sobre descentralização da investigação de óbitos e a digitalização das declarações no nível municipal. O evento foi realizado na sede gerência, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) e Atenção Básica.

O evento foi direcionado aos técnicos da Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica da SES, técnicos da Gerência de Saúde e do setor de atenção básica e vigilância epidemiológica municipais. Ao todo, 29 profissionais participaram da capacitação, que teve como finalidade sensibilizar os municípios da região quanto à importância da investigação de óbitos, com ênfase às investigações fetais, infantis e relacionadas às mulheres em idade fértil.

De acordo com a responsável pelo Sistema de Informação de Mortalidade da Região, Rosangela Borba, essa capacitação resulta na redução da mortalidade fetal, infantil e materna. “Para alcançar esse objetivo, melhoramos a vigilância dos óbitos e qualificamos a assistência e atenção às mulheres e crianças”, observou Rosangela.

alt

Foto: 17ª Gersa/Itajaí