icone facebookTwitterInstagram

 A Secretaria de Estado da Saúde divulgou uma nota de alerta visando o fortalecimento das medidas de prevenção diante da presença da variante Delta do coronavírus no Estado de Santa Catarina.

A Nota de Alerta nº 13/2021 foi publicada nesta sexta-feira (13) e assinada em conjunto pela Superintendência de Vigilância em Saúde, Coordenação Estadual de Segurança do Paciente, Laboratório Central de Saúde Pública, Vigilância Sanitária Estadual e Diretoria de Vigilância Epidemiológica.

Em Santa Catarina, até o dia 10 de agosto de 2021, foram detectados 36 casos da variante Delta em 20 municípios catarinenses. Desse total, quatro são considerados casos autóctones (de transmissão dentro do estado), sete casos importados (transmissão fora do estado) e 25 estão em investigação sobre o local provável de infecção. “Acredita-se que com a conclusão das investigações e a continuidade das ações de Vigilância Genômica, realizada a partir de mostras biológicas com resultados detectáveis pela metodologia de RT-qPCR para o vírus SARS-CoV-2, em breve será decretada oficialmente a transmissão comunitária da VOC Delta no Estado de Santa Catarina”, consta o documento.

A nota traz uma série de medidas que devem ser adotadas pelas equipes de vigilância sanitária e epidemiológica, serviços de saúde e população em geral.

Entre as principais medidas está a organização de estratégias de preparação e resposta frente a uma possível nova onda de casos e intensificação de vacinação. E para a população em geral, o alerta é para manter as medidas de prevenção como uso de máscaras, distanciamento social evitando aglomerações e ambiente com pouca ventilação e lavagem das mãos, além de buscar a vacinação assim que as doses estiverem disponíveis.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA